top of page

CIRANDA DA LUA

Cliente:

Fundação Amazonas Sustentável

O desafio

Criar uma ferramenta interativa que ajude a prevenir a violência de gênero no contexto das florestas amazônicas no entorno do Rio Negro, nas comunidades de Tumbira, Saracá e Santa Helena dos Inglês.

IMG_2940 (1).jpeg
IMG_2734 (1).jpeg
A estratégia

No contexto ribeirinho em que família significa proteção e sobrevivência, e trabalho representa subsistência e poder, o controle das mulheres é uma regra.  A violência de gênero gera um isolamento físico, emocional e social entre mulheres ribeirinhas, reduzindo seu potencial e autoestima. Quebrar este isolamento é interromper o ciclo de violência, por isso, precisamos criar espaços para as mulheres ribeirinhas estarem juntas fortalecendo seus elos. 

A ideia

O jogo Ciranda da Lua foi criado para valorizar a cultura e os saberes tradicionais, construindo um espaço para a transmissão de conhecimentos sobre violência, família e trabalho. As mulheres das comunidades de Tumbira, Saracá e Santa Helena do Inglês se reuniram para trocar histórias e fazer conexões emocionais. 

O processo

O projeto foi uma parceria entre Think Olga, Fundação Amazonas Sustentável e ARCO. Para criar algo que fizesse sentido para vida das mulheres ribeirinhas, nos aproximamos de suas realidades e nos deslocamos até as comunidades. Lá realizamos pesquisas em profundidade, encontros com as mulheres e visitas técnicas nos órgãos públicos locais. 

Captura de Tela 2023-05-23 às 08.50.59.png
Captura de Tela 2023-05-23 às 08.52.21.png
Captura de Tela 2023-05-23 às 08.52.12.png
Captura de Tela 2023-05-23 às 08.52.31.png
Melodia Ciranda da Lua
IMG_3062.jpeg
IMG_2953 (3).jpeg
bottom of page